Senhores Pais ou Responsáveis,

A Escola Maria Montessori vem a público, mais uma vez, atualizá-los sobre a suspensão das aulas, em decorrência da pandemia do coronavírus.

Após uma reunião, realizada nesta terça-feira, dia 17/3, foi decidido que o recesso de julho será mantido, porém de forma reduzida. A reposição das aulas suspensas será dividida, proporcionalmente, em julho e em dezembro. Acreditamos que essa é a melhor saída para garantirmos o cumprimento do ano letivo, sem prejudicar os alunos, os professores e as auxiliares de sala.

Assim que retomarmos as aulas, caso não haja outra suspensão por parte do governo, divulgaremos o novo calendário escolar.

Como medida de proteção a vocês e aos nossos colaboradores, o atendimento, na Secretaria e nos setores administrativos, será prestado via telefone, das 9h às 15h, até o dia 30/3.

Todos contra o coronavírus

O mundo está em alerta em relação ao COVID-19. O vírus, que tem se proliferado rapidamente, já matou duas pessoas, aqui no Brasil. Em Brasília, o número de casos confirmados chega a 19.

O momento exige cuidado e isolamento social, quando possível. Atenta a tudo isso, a Escola Maria Montessori enviará, às casas das nossas famílias, um folder com orientações importantes. No entanto, vamos reforçar alguns pontos por aqui:

- Lavem bem as mãos (dedos, unhas, punhos, palmas e dorsos) com água e sabão, e, de preferência, utilizem toalhas de papel para secá-las;

- O álcool em gel, além de servir para a higienização das mãos, pode ser utilizado para limpar telefones, teclados de computador, cadeiras, maçanetas etc;

- Em caso de espirro ou tosse, cubram o nariz e a boca com um lenço de papel. Após a utilização, descartem imediatamente os materiais. É importante, também, evitar tocar olhos, nariz e boca;

- Evitem cumprimentos com abraços, apertos de mão e beijos;

- Não compartilhem copos, talheres, pratos, roupas de cama e demais itens de uso pessoal;

- Locais com aglomerações de pessoas, mesmo pequenas, devem ser evitados. Até parque, parquinhos e shoppings não são recomendados;

- O governo sugere, ainda, a compra antecipada de medicamentos para febre e tosse, além de remédios de uso contínuo.

Fonte: Ministério da Saúde

 

Atenciosamente,

Direção-Geral.